Autoras: Christine Fidelis, Luciana Oliveira e Maiara Nakamura

Com jornadas múltiplas, lutas diárias e uma intuição cada vez mais valorizada, nós, mulheres, ocupamos, hoje, espaços antes dominados por homens. O mercado de trabalho tem aberto as portas para a representatividade feminina e aqui na ília elas estiveram assim desde o início.

Olhares variados e experiências diversas são ingredientes essenciais para a criatividade e a inovação. Afinal, para sermos disruptivos e inovadores precisamos incluir a maior diversidade de pessoas no nosso time, sendo, inclusive, um dos quesitos recorrentemente mais bem avaliados na pesquisa de Great Place to Work (GPTW) da ília.

Para trazer um pouco sobre a experiência de ser uma mulher em um cargo de liderança, principalmente no setor de tecnologia — antes inteiramente dominado por figuras masculinas —, resolvemos mostrar nossa visão sobre essa realidade. Somos três mulheres em cargos de liderança na íliaChristine Fidelis, Luciana Oliveira e Maiara Nakamura — e, com experiências que se complementam, representamos tantas outras que fazem parte desse time.

Chris é Managing Director e está no nosso time desde 2016, quando entrou como gerente de contas no time comercial. Com o tempo, ela percebeu que havia uma demanda muito grande nos clientes por estruturação e implementação do ágil e que poderíamos ajudar nossos clientes com isso. Assim, ajudou a fundar a ília culture, time da ília com o maior número de mulheres.

Lu é Head of Design and Experience e começou sua trajetória na ília como gerente de design, em 2014. Naquele ano, ainda não havia uma equipe de design e a Lu foi quem estruturou a nossa Guild que hoje conta com um time completo de designers, UX Writers e líderes de experiência. Foi com a ajuda dela que conseguimos validar e construir diversos produtos internacionais. 

Maiara é o mais novo reforço do time, como Head of Talent Acquisition, e já passou por equipes de grandes players do mercado, desenvolvendo estratégias de aquisição de talentos em todas elas. Sua relação com a ília começou alguns anos atrás, por meio de um cliente em comum, e sempre teve uma admiração pelo grau de inovação e pensamento diferenciado que temos aqui. No mês passado, nos reaproximamos e surgiu o convite para que ela assumisse a posição de liderança de aquisição de talentos na empresa. 

Acreditamos que o mundo pode — e deve — ser surpreendentemente mais simples e, para isso, é necessário dar espaço e voz para uma infinidade de pessoas. 

Mulheres no mercado de Tecnologia

Atualmente, vemos um crescimento no número de mulheres no mercado de trabalho e na área de tecnologia. Skills femininas têm sido mais valorizadas e o futuro vem demandando isso: intuição, cuidado, empatia e uma forma de liderar cada vez mais branda e acolhedora. 

Temos mulheres fantásticas em empresas de tecnologia, ocupando cargos de liderança, sendo referência em seus setores e trazendo mais mulheres junto com elas. Para sermos inovadores e transformarmos o mundo num lugar mais simples, precisamos entender que há pensamentos diversos, uma infinidade de individualidades e várias maneiras de ver o mundo. 

“Precisamos de ações afirmativas em relação a alguns grupos específicos e as mulheres fazem parte de um desses grupos.”

Christine Fidelis, Managing Director na ília.

Empresas, de todas as áreas, precisam desenvolver ações afirmativas que promovam e incentivem a participação de pessoas diversas no time, sempre atentando para as particularidades e necessidades de cada um. 

Elaborar programas para fortalecer mulheres no mercado de trabalho é um dos passos que as empresas devem seguir daqui para frente. A capacitação, o respeito e a valorização da figura feminina  dentro da empresa só traz benefícios para os dois lados – e para a sociedade como um todo.

Aqui na ília, há espaço para todas as pessoas, sempre favorecendo a diversidade e a representatividade. Nossa liderança de People & Culture é formada principalmente por mulheres, pelo tato na gestão de pessoas, a maneira acolhedora e empática de conduzir o trabalho e o lado intuitivo. Mas não paramos por aí. Mesmo estando inseridos em um mercado com pouca participação feminina, todas têm espaço para desenvolver projetos e crescer aqui dentro em todas as áreas.

Além disso, buscamos entender as particularidades de cada membro do time. Entender as necessidades individuais é essencial e deve fazer parte de todas as decisões da empresa. 

Redes de apoio e mentoria

Para superar obstáculos e atingir objetivos, foi necessário entender que mulheres que vieram antes de nós teriam um papel importantíssimo em nossas trajetórias. Escolher bem uma mentora, uma mulher como modelo, e contar com essa troca de experiência fez a diferença em nossas jornadas e tem o poder de fazer na sua também.

Ter alguém para ajudar a encontrar seu caminho, apoiar nos momentos de dúvida e trocar vivências em momentos de indecisão, tem papel crucial na vida de muitas mulheres. Juntas, nos levantamos, nos apoiamos, nos inspiramos e chegamos onde queremos chegar, sempre entregando o nosso melhor.

“Nos conectar com redes de apoio e termos nossas mentoras, para assuntos profissionais e pessoais, são atitudes que promovem e fortalecem a nossa responsabilidade e a nossa confiança.”

Maiara Nakamura, Head of Talent Acquisition na ília.

Além dessa busca por uma mentora, percebemos o quanto uma rede de apoio é necessária para darmos conta de todas as jornadas que temos. Dentro e fora da profissão, não chegaríamos tão longe e não conseguiríamos alçar vôos mais altos sem termos com quem contar, sem termos aquelas pessoas que nos ajudaram nos momentos mais complicados. 

Confiança, segurança e oportunidades

Há um espaço enorme no mercado de trabalho a ser conquistado e estamos caminhando para isso, mas é preciso fortalecer nossa autoconfiança para alcançarmos esses espaços. 

Desde pequenas, somos criadas para duvidarmos de nossas capacidades e da nossa competência, o que cria uma falta de segurança em quem somos e no que fazemos. Acreditar que somos capazes do que quisermos é um primeiro passo para estarmos onde quisermos estar.

“Não podemos nos cobrar tanto a ponto de não conseguirmos ver nossas vitórias.”

Luciana Oliveira, Head of Design and Experience na ília.

Além disso, ambientes que provocam essa sensação de segurança, acolhimento e confiança são locais que nos impulsionam para o nossos objetivos. Nós três, em certa medida, sentimos o quanto é positivo trabalhar em um lugar em que as pessoas confiam em nosso trabalho e nossa capacidade de resolver algum problema que se apresenta. 

Uma de nós viveu isso: a Lu sempre teve abertura para trazer novas ideias, desenvolver novos projetos e testar hipóteses. Alguns deram muito certo, outros nem tanto, mas isso tudo fez a diferença na sua trajetória profissional e impacta na trajetória de outras mulheres na ília, pois demonstra a confiança da empresa na nossa capacidade e dá segurança para buscarmos sempre mais, aprendendo com os erros e acertos.

Receber um voto de confiança para tocar um projeto nos dá muita responsabilidade, mas, também, é o combustível para entregarmos o nosso melhor e acreditarmos no conhecimento e na experiência que possuímos. 

Trabalhar duro, estudar sempre, agarrar as oportunidades que apareceram, valorizar o que fazemos bem e acreditar na nossa capacidade foram os fatores que nos trouxeram às posições de liderança que ocupamos hoje, e que pretendemos que se replique para tantas outras mulheres, no maior número de empresas possível. 

Ambientes acolhedores

Já comentamos aqui sobre as portas que estão se abrindo no mercado, sobre a quantidade de espaços que ainda podemos ocupar e sobre empresas que se preocupam com as particularidades de cada membro do time. Um exemplo disso são as experiências vividas por duas de nós aqui na ília: Chris e Maiara. 

A Chris voltou de licença maternidade quando já estávamos em trabalho remoto e tem toda a liberdade para estar com sua filha durante reuniões, sem sentir qualquer tipo de desconforto, sendo acolhida pelos outros membros do time e sabendo que aquele espaço continua sendo seu.

A Maiara está em outra fase: foi contratada no 7º mês de gravidez. O que seria um impedimento para muitas empresas, para nós, é natural. Ela é uma excelente profissional e é exatamente o reforço que precisamos na ília neste momento. Sabemos que ela terá maiores necessidades, principalmente daqui a poucos meses, mas estaremos aqui, dando todo o apoio que ela precisar e oferecendo um ambiente acolhedor.

Nosso time é composto por muitas mulheres, ocupando várias posições, como programadoras e designers; em vendas, finanças, contabilidade; e, além disso, temos uma equipe de marketing composta inteiramente por mulheres. Isso nos faz ter um olhar mais atento às suas necessidades e a observar comportamentos e estruturas que podem melhorar dentro da ília, para que seja um ambiente cada vez mais aberto a todas as pessoas.

Nosso conselho final como líderes é: procure ambientes de trabalho que te apoiem na sua jornada, que confiem no seu trabalho e que compreendam sua individualidade. Escolha bem quem vai te guiar nesse caminho e aproveite cada oportunidade. E lembre-se que, juntas, vamos ainda mais longe.